• Carolina Custódio

O "resultado frustrante" do PIB que apresentou -0,1%

Divulgado na última quarta-feira (1) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Produto Interno Bruto (PIB) nacional apresentou estabilidade (-0,1%) no segundo trimestre de 2021 (quando comparado ao primeiro trimestre de 2021), na série com ajuste. Comparado com o mesmo trimestre de 2020, o PIB ainda cresceu 12,4%.


Ainda, ao considerar o primeiro semestre, o PIB acumula alta de 6,4%. Já no acumulado nos quatro trimestres, terminados em junho de 2021, o PIB cresceu 1,8% ao trimestre. Estes parágrafos podem ser vistos na íntegra no site da Agência de Notícias do IBGE por aqui.


Estabilidade. Se tem alguma palavra que queremos que você guarde hoje, é esta. O resultado do PIB divulgado pelo IBGE ainda traz as frases "fica estável" e "continuando no patamar pré-pandemia".


Agora, como o resultado do PIB foi divulgado pelo Portal G1 nesta chamada: "PIB do Brasil recua 0,1% no 2º trimestre e recuperação perde fôlego". E o nosso favorito: "Apesar do resultado frustrante, economia brasileira se manteve no patamar pré-pandemia". No mínimo contraditório.


A expectativa do mercado era de 0,2% - um cenário de estabilidade, não muito diferente do consolidado. E é isso que queremos trazer hoje: Na variação ano contra ano anterior, ainda estamos em patamares de 2014, o que quer dizer que nos recuperamos i) da maior recessão econômica que tivemos e ii) do choque causado pela pandemia.


O mesmo dado e a mesma estatística podem ser usados para contar histórias diferentes, a depender do viés de confirmação de quem escreve. Na expectativa do mercado para a divulgação, ainda que o valor esteja num espectro positivo, é um cenário de estabilidade - e não de crescimento. Assim como que o resultado real de -0,1% foi abordado pelo IBGE também como estabilidade - e não como uma queda.


Ao ler uma notícia, é importante separar o que é dado (realidade) do que é viés e opinião de quem escreve. É necessário pensamento crítico para que se chegue em suas próprias conclusões.


Interaja com os dados em dashboards dinâmicos

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Apoie este projeto

Assine nossa newsletter e tenha acesso às notícias mais relevantes da economia local.

Contato

Novo projeto de dados na sua empresa? Entre em contato para que possamos te ajudar.

Trabalhe com a gente

Tem interesse em fazer parte do nosso time? Envie seu currículo para contato@caravela.biz ou

clique no botão abaixo.