top of page

Como o esporte pode ajudar a prevenir o crime entre jovens

Temos muitas coisas boas no nosso país, mas enfrentamos diariamente uma insegurança muito grande em relação à criminalidade e violência.

Em 1980, o Brasil registrou menos de 12 homicídios por cem mil habitantes. Já em 2017, a taxa quase que triplicou, chegando a 31,6 homicídios por cem mil habitantes. Entre os jovens, a taxa passou de 19,57, em 1980, para 69,9, em 2017.

Pois é!

Para ajudar na compreensão da eficácia das políticas públicas em relação à criminalidade, pesquisadores da Universidade de São Paulo e da Universidade Federal de Juiz de Fora (MG) avaliaram a relação entre o esporte e a prevenção criminal dos municípios brasileiros.

O objetivo é compreender esta relação, visto que o esporte pode ocupar mais o tempo dos jovens e despertar oportunidades de carreira e renda a estas pessoas.

Avaliando questões como gastos de esporte, presença de leis e instituições de promoção do esporte e, inclusive, com um indicador de capital acumulado no esporte (que basicamente mensura a experiência na promoção de esportes dos municípios) os resultados da correlação apresentaram impacto significativo, exceto os gastos com esporte.

O tempo de existência dos conselhos esportivos e o capital acumulado no esporte tiveram uma correlação maior, o que indica que os efeitos positivos do investimento esportivo levam um tempo para se consolidar e de fato refletir no ambiente social.

Você pode checar o artigo completo na Revista Economia e Sociedade.

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

📳 Contato

Novo projeto de dados na sua empresa? Entre em contato para que possamos te ajudar.

👁️👄👁️ Acompanhe este projeto

Assine nossa news e acompanhe as nossas matérias e as notícias locais.

bottom of page