• Henrique Reichert

Com mercado de trabalho aquecido, SC abre mais de 24 mil vagas de emprego em setembro

Atualizado: Jul 28

Perspectivas de mercado são positivas, mas mudanças no processo produtivo e na demanda dos consumidores desafiam o setor.


Santa Catarina


Os dados do CAGED de setembro mostram que o mercado de trabalho catarinense continua aquecido. Este é o quarto mês consecutivo com resultados positivos na economia do estado.


No mês, foram abertas 24,8 mil vagas de trabalho no estado, resultado das 99,2 mil admissões e dos 74,3 mil desligamentos. Este foi o 3º melhor desempenho do país, atrás apenas de São Paulo e de Minas Gerais. Com o resultado, as contratações no ano voltaram a ficar positivas, com 921 postos de trabalho a mais.


Todas as atividades registraram saldo positivo, com destaque para a indústria, que contratou cerca de 12,1 mil trabalhadores. O setor de serviços (7.597), o comércio (4.1388), a construção (932) e a agropecuária (25) aparecem na sequência.


No ano, o comércio acumulou o pior desempenho, com o fechamento de 17,3 mil postos de trabalhos, principalmente no comércio varejista (-15.673). Já o maior saldo positivo do período foi registrado pela indústria (17.212).


Paraná


No Paraná, o saldo de setembro também foi positivo, com 19,7 mil vagas abertas, quinto maior saldo do país no mês.

O bom resultado das contratações está sustentando o movimento de recuperação dos desligamentos ocorridos em abril, que somaram 59,2 postos de trabalho fechados.


No estado, principalmente a indústria (6.626) e o comércio (5.398) realizaram contratações. O volume menos expressivo foi registrado na agropecuária (100).


No ano, o resultado também voltou a ficar positivo com cerca de mil contratações, principalmente no setor da construção (15.183).


Rio Grande do Sul


O estado gaúcho contratou quase 10 mil trabalhadores a mais em comparação com agosto, somando 15.760 vagas abertas em setembro, principalmente na indústria (7,4 mil) e no comércio (4,6 mil). Apenas a agropecuária encerrou o mês com saldo negativo (-156).


No ano, o estado ainda acumula saldo negativo (-74 mil postos de trabalho), principalmente pela dificuldade de recuperação dos serviços (-37,4 mil) e do comércio (-29,4 mil).


Interaja com os dados em dashboards dinâmicos

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Apoie este projeto

Assine nossa newsletter e tenha acesso às notícias mais relevantes da economia local.

Contato

Novo projeto de dados na sua empresa? Entre em contato para que possamos te ajudar.

Trabalhe com a gente

Tem interesse em fazer parte do nosso time? Envie seu currículo para contato@caravela.biz ou

clique no botão abaixo.