• Henrique Reichert

Construção de SC dá sinais de desaceleração

O setor da construção foi um dos mais afetados durante os anos de recessão econômica do Brasil. Em Santa Catarina, os primeiros sinais de desaceleração mais aguda ocorreram a partir de 2014 e apresentaram indícios de retorno apenas em 2017.


No período mais recente, a baixa atratividade da taxa de juros e o aumento do poder de compra fizerm com que a atividade de construção apresentasse nova fase de crescimento.


Além do retorno do aumento de número de ARTs, a média de área construída por anotação técnica também seguia em tendência de crescimento, especialmente em 2020, quando a busca por mais conforto no lar se tornou mais necessário dentro do novo contexto de pandemia.



Mesmo com o retorno gradual das atividades durante o próprio ano de 2020, a expectativa maior se condensava para o atual ano, que já entrou acelerado e deveria apresentar números muito mais elevados que os anteriores.


Em parte, este cenário ocorreu, o ano de 2021 realmente começou mais acelerado, alcançando cerca de 2,5 mil ARTs residenciais no mês de março. Apesar do bom início, o ritmo inicial não se manteve nos tipos residenciais e comerciais, ficando abaixo dos valores encontrados no ano anterior.


Estes números da construção de Santa Catarina podem ser reflexo da perda de poder de compra da população e, ao mesmo tempo, do aumento das taxas de juros, o que freia novamente a retomada da atividade.


Por outro lado, quem manteve maior ritmo de crescimento foram as construções industriais, que seguem superiores aos desempenhos de 2020 e refletem o bom desempenho do setor.

Interaja com os dados em dashboards dinâmicos

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Apoie este projeto

Assine nossa newsletter e tenha acesso às notícias mais relevantes da economia local.

Contato

Novo projeto de dados na sua empresa? Entre em contato para que possamos te ajudar.

Trabalhe com a gente

Tem interesse em fazer parte do nosso time? Envie seu currículo para contato@caravela.biz ou

clique no botão abaixo.