top of page

A digitalização pode ser uma rota de desenvolvimento?

A digitalização tem sido amplamente reconhecida como uma força importante para o crescimento econômico e a inovação em todo o mundo.


De fato, muitos países estão buscando aproveitar ao máximo as oportunidades que a tecnologia digital oferece, a fim de melhorar sua competitividade econômica e alcançar o desenvolvimento. No entanto, é importante considerar se a digitalização realmente é uma rota viável para o desenvolvimento econômico.


Timothy Taylor, economista e editor do Journal of Economic Perspectives, destaca no blog Conversable Economist, que a digitalização pode oferecer muitos benefícios, incluindo maior eficiência, inovação e crescimento econômico. Além disso, a tecnologia digital pode ajudar a superar algumas das barreiras que impedem o desenvolvimento econômico, como a falta de infraestrutura física e financeira.


Em alguns países asiáticos, o declínio econômico e de produtividade acarretado pela pandemia promoveu maiores esforços para digitalização das suas economias, como forma de atenuar as perdas. Formas de facilitar a educação virtual, o trabalho remoto e as vendas sem que necessite de contato físico permitiram que as empresas aliviassem os custos e também mostraram que é possível encontrar ganhos de inovação mesmo em situações adversas.


No entanto, também há preocupações sobre as desigualdades sociais e econômicas que podem ser ampliadas pelo uso da tecnologia.


Por exemplo, a digitalização pode levar à automação de muitos trabalhos, o que pode resultar em perda de empregos para certos grupos de trabalhadores. Além disso, pode haver uma crescente desigualdade de acesso à tecnologia e à informação, com algumas pessoas ficando para trás no que diz respeito a habilidades digitais e competências.


Por essas razões, é importante considerar outros fatores críticos para o sucesso da digitalização como uma rota para o desenvolvimento econômico. Isso inclui a infraestrutura digital, a formação de mão de obra e a regulamentação adequada.


Sem uma infraestrutura digital sólida, muitos países não terão acesso às tecnologias e informações que precisam para se desenvolver. Da mesma forma, a formação de mão de obra é fundamental para garantir que as pessoas tenham as habilidades e competências necessárias para trabalhar com as tecnologias digitais. Por fim, a regulamentação adequada é importante para garantir que a digitalização seja usada de maneira responsável e equitativa, sem ampliar as desigualdades sociais e econômicas.

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
bottom of page